Resoluções para um novo ano feliz

Você mal piscou e 2022 passou, não é Lolete? Vamos, então, aproveitar esse início de ano tranquilo e planejar um 2023 de sucesso? O que você espera do novo ciclo? Eu começo: quero ser FELIZ!

Mas qual o caminho da felicidade?

Um novo estudo da Universidade de Harvard foi atrás dessa resposta. E eu te conto tudo, claro. Os estudiosos de Harvard descobriram que alguns hábitos são capazes de nos conduzir a uma vida mais feliz. Ou seja: o mapa da mina para a felicidade e a inspiração perfeita que precisamos para resoluções de ano-novo certeiras! Esse estudo durou 75 anos e descobriu que o faz as pessoas realmente felizes são as conexões. Não esqueça dessa palavra, Lolete!

Se liga nas dicas de Harvard para encontrar a felicidade:

  • Tem que suar!

Atividade física é tudo de bom e um dos pilares de uma vida plena AND feliz. Seus efeitos não são restritos ao momento em que se pratica o exercício e influenciam outros aspectos de nossas vidas.  

  • Conexão espiritual

Acreditar que existe algo maior garante sentimentos de gratidão, compaixão e paz. Busque a sua fé e seja mais feliz.

  • Abra espaço para o novo

Sabe aquela alegria de quando experimentamos coisas novas? Nosso cérebro é programado para isso. Então, que tal tirar do papel aquele sonho antigo e se jogar em novo hobby? Coragem!

  • Conexão com o outro

Já pensou em fazer um trabalho voluntário? Saiba que essa atividade que pode ajudar tanto a você quanto quem recebe a ajuda. Colaborar com outros nos torna pessoas mais felizes. Mais um motivo para escolher uma causa para chamar de sua.

  • Xô negatividade!

Eu não sei você, mas eu quero distância de pessoas tóxicas, fofoqueiras e reclamonas! O que já imaginávamos foi comprovado por Harvard: energia ruim influencia o entorno. Fica longe desse B.O., lolete!

  • Quem está do seu lado importa!

Esse estudo descobriu que os relacionamentos humanos são a chave da busca pela felicidade. Sabe aquela frase famosa que diz que quem está ao nosso lado nas trincheiras importa mais do que a própria guerra? O estudo acompanhou um grupo de pessoas por 75 anos e concluiu que relacionamentos estáveis, seja com cônjuges, familiares ou amigos são fundamentais para o bem-estar.

  • Álcool sem abusar

O estudo de Harvard também apontou uma questão importante: o consumo de álcool foi relacionado com neuroses, depressão, divórcio e até morte precoce. Nada de consumir em excesso. Equilíbrio é tudo!

Inspiração para a sua listinha de metas para o ano que logo vai começar é o que não falta, né? Bora tirar do papel e começar 2023 com o pé direito?

Beijos,

Lola Gênia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *