05/06 – Dia do Meio Ambiente e você sabe o porquê é importante celebrar?

Lolete e Lolito de responsa sabem bem que é preciso tratar o Meio Ambiente com cuidado, mas a verdade é que na correria do nosso dia a dia, nem sempre tomamos as melhores decisões e tudo que fazemos, reflete no nosso ecossistema.

O dia de hoje, é um convite a repensar hábitos, dos mais simples aos mais desafiadores. Bora? Afinal, comemoramos porque somos capazes de proteger as riquezas do planeta com algumas mudanças de hábitos.

Viver uma vida mais sustentável, pode ser um desafio às vezes, né? São muitos estímulos ao consumo inconsciente e praticar uma rotina de sustentabilidade ambiental, nem sempre é simples. Mas, calma! De pouquinho em pouquinho, a gente vai avançando e ninguém solta a mão de ninguém, é sobre se ajudar ao invés de julgar. O rápido crescimento populacional e os avanços acelerados dos processos de industrialização e de urbanização das sociedades nos últimos séculos, têm repercussões sobre o ambiente e sobre a saúde humana. A real é que não podemos – e nem devemos – parar de avançar, mas podemos encontrar meios de fazer isso de uma forma que nos permita evoluir sem colocarmos o meio ambiente em risco, descobrindo maneiras de criar, produzir, inventar e principalmente consumir sem gerar impacto negativo ambientalmente.

Separei alguns movimentos para batermos um papo:

Reciclagem

Aqui no Brasil, de acordo com a WWF, só 1,3% dos resíduos plásticos recicláveis são efetivamente reciclados. Mas nada de pessimismo por aqui! É que tem uma galera que não sabe como a reciclagem acontece. Funciona assim: em tese, reciclagem mesmo, é só quando um item descartado, depois do processo de transformação, dá finalmente origem a um novo item igual ao original, com a mesma qualidade do material e com a mesma função. Exemplo: quando você devolve a garrafa de vidro da sua bebida e ela se transforma em outra embalagem da bebida. Seria esse o sinal que você estava precisando para retornar embalagens?

Upcycling

Quando um objeto passa pelo processo de reciclagem e acaba sendo transformado em outro produto, com qualidade até superior ao anterior ou com maior valor agregado o que aconteceu foi um processo de “upcycling”. Magia pura!
“up”, em Inglês, indica “pra cima, subir, maior”. Então, “upcycling” é a mistura de “recycling” com “up”, significando que essa reciclagem, ou o simples reaproveitamento de alguma coisa, gerou um resultado final melhor que o inicial. Um exemplo clássico é pegar retalhos de tecidos e transformar em um trabalho de patchwork sensacional, cheio de estilo. O famoso “dar um up”, né?

Downcycling

Você já sabe tudo sobre upcycling, vai ficar moleza entender o sentido de downcycling. É, basicamente, o contrário. É um processo de reciclagem ou de reaproveitamento onde o resultado final das etapas de transformação gera um item de qualidade ou de valor menor que o material original. “Down”, no inglês, é o oposto de “up”, e significa “menor, pra baixo, descer”. Só lembrar de palavras que você já usa como “upload” e “download”. Um exemplo de “downcycling” é quando uma folha de papel sulfite branca passa pela reciclagem e dá origem a um papel de qualidade inferior, como papel higiênico. Em verdade, esse ciclo pode parecer menos interessante, mas para o planeta, pode ser bem agregador.

Wishcycling

Vou começar tentando explicar o nome do movimento. “Wish” significa “querer, desejar”. Se juntarmos com o termo “recycling”, o resultado fica “querer reciclar” ou “desejar que algo seja reciclado”. E é bem por aí mesmo! Aposto que você pratica e nem sabia que era esse tal de “wishcycling”. É que quando você coloca um objeto que não é reciclável na coleta seletiva dos recicláveis, torcendo para que ele venha a ser reciclado, está fazendo wishclycling. Caixa de pizza é um ótimo exemplo: o papelão é um material com muita reciclabilidade, mas se ele estiver todo sujo de queijo ou gordura, sua reciclagem já está comprometida. E muitos de nós, colocamos este item na coleta seletiva na esperança que seja reciclado mesmo assim. O wishcycling ocorre principalmente por falta de informação. E sabe o que é pior? A gente vem com boa intenção, mas se não tomarmos cuidado, podemos complicar a vida das cooperativas e indústrias de reciclagem, que têm um trabalho maior de filtragem e separação desses resíduos.

Tá vendo como dias como hoje são importantes para debatermos esses assuntos? Que tal chamar os amigos para comemorar o dia do meio ambiente como a gente comemora tantas outras coisas, como um gol do nosso time do coração, voltar a malhar na segunda depois de um tempo de preguiça, dar um match em um app com aquele crush de toda uma vida? Celebrar é bom demais! Coloca aí no calendário que agora todo ano é ano de vibrar por um planeta mais especial!

Beijos,

Lola Gênia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *