Desapegar Para Organizar

Você está com a arrumação em dia? Com a correria do dia a dia, nem sempre conseguimos manter tudo em ordem como gostaríamos. E aí já viu: na hora de procurar aquele documento importante, ou quando queremos uma roupa para compor aquele lookinho ou, ainda, quando recebemos uma visita e a casa está de cabeça pra baixo. Desanimo total, né?

Com as mil tarefas e corre de nossas rotinas, acabamos “deixando para depois” e esse dia nunca chega. O que era só uma roupa na cadeira acaba virando uma montanha e esse é só o começo. E não é só por uma questão estética, não. Um ambiente limpo e ordenado é importantíssimo para preservar o nosso bem-estar e a saúde das pessoas que convivem ali, sem falar no conforto e aconchego que pode proporcionar.

Vocês conhecem a maga da arrumação, Marie Kondo? Ela é uma especialista em arrumação, empresária e escritora japonesa que já vendeu milhões de livros sobre organização pessoal. Seus dois principais livros foram lançados no Brasil com os títulos A Mágica da Arrumação e Isso Me Traz Alegria. Recomendo a leitura. Ela dá algumas dicas ótimas para quem quer virar a chave e transformar a sua vida por meio da organização dos ambientes.

Boa amiga que eu sou, listei algumas de suas principais dicas para quem quer começar pra já a descobrir o efeito mágico que a organização pode ter nas nossas vidas.

  • O principal argumento de Marie é que para organizar precisamos descartar. Nada de ficar juntando coisas que um dia você pode precisar. O que ela diz é que nesses momentos, nunca lembraremos de usar aquele objeto que guardamos por tanto tempo. Acabamos guardando por anos tantas coisas que nem lembramos que temos e só ocupam espaço.
  • Guarde o que te traz alegria, aquilo que você realmente gosta e não só “porque sim”. Esse deve ser o critério na hora de escolher o que sai e o que fica de nossos armários e gavetas.
  • Nada de guardar aquela peça de roupa que você não usa somente porque foi um presente de alguém especial. Marie Kondo nos ensina que os presentes, e todos os outros objetos, precisam ter uma razão para serem guardados. E a missão dos presentes se cumpre quando o recebemos e agradecemos. Nada de ficar guardando presentes e lembranças que nunca usou.

E ai? Topam esse desafio? Eu tenho certeza de que você não vai se arrepender!

Beijos,

Lola Gênia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *