Alô, 2023… aqueeele abraço!


Caramba! Chega final do ano e a gente começa a misturar o final do ano com uma dose de final do mundo, (🤪) tudo que já era para ontem, parece que se torna para anteontem e fica ainda mais difícil de achar que o tempo não está passando rápido demais!

Junto com a correria que o fim de mais um ciclo nos traz, vem também aquele looping, que começa quando aquela famosa música de uma varejista começa a tocar nos anúncios. A gente escuta e já entende o recado. Beleza! O ano acabou. Junto desse susto, vem um monte de coisas juntas, em avalanche. E aquelas promessas que fizemos para nós mesmos na virada de 2022 para 2023, cumprimos? 

Antes de entrarmos nesse assunto, queria só te lembrar de algo bem importante e com essa correria, pode ser que você tenha se esquecido: todo ciclo que se encerra, abre espaço para coisas ainda melhores acontecerem!💫

Dito isso, queria aproveitar que estamos aqui, no nosso círculo de confiança, e te pedir para antes de revisitar as metas que você traçou para 2023, e definitivamente antes, beeem antes, de você começar a traçar seus objetivos para 2024, queria te pedir alguns favores:

  • Olha com admiração para a pessoa que você se tornou. Antes de pensar sobre as viagens que gostaria de ter feito e não conseguiu ou por falta de tempo, ou grana, ou os dois. Lembre-se que você fez muitas viagens, e as mais importantes, sabe? E não pense que estou doida! Tô falando de você (!) É que as viagens para dentro de si, são as mais transformadoras e estou bem orgulhosa de ver o tanto que você evoluiu. Deixa para 2024 as viagens para lugares físicos que são importantes para você visitar, mas com a certeza de que na hora certa você estará no lugar certo. 
  • Eu sei que você também está lembrando de todos os eventos, shows, festivais que no final de 2022 você colocou na programação deste ano, mas a verdade é que você pode até não ter participado de tudo isso, mas o orgulho que estou sentindo de te ver amadurecendo, se ouvindo e principalmente, tendo coragem de colocar limites nas relações com os outros e consigo, tem te levado a lugares que você pode até não ter sonhado chegar, mas valeu demais chegar!
  • Olha com carinho para o corpo que te fez chegar até aqui, antes que você se lembre que perder uns quilinhos era uma prioridade para esse ano. O nosso corpo possível, nosso corpo vivo e nosso corpo saudável, são motivos mais do que suficientes para celebrarmos sempre, independentemente do que a balança nos diga.

Sabe de uma coisa? Metas possíveis são um exercício de autocuidado e autoamor. Talvez as metas traçadas para 2023 não tiveram a dose extra de parceria consigo, mas sempre há tempo de recalcularmos nossa rota. Quando a gente coloca um metão muito distante para alcançarmos, não estamos sendo nossas amigas, nos ouvindo, nos respeitando, estamos nos pressionando demais e o mundão já tá cheio de pressão, podemos escolher como vamos reagir diante do que esperam de nós, principalmente quando estamos atentos ao que nós esperamos de nós mesmos. Seria muito mais legal da nossa parte se ao invés de dizermos que vamos ler 70 livros em 2024, a gente colocasse uma metinha tímida, de ler pelo menos 10 páginas de um livro todos os dias. 

Seria mais cuidadoso da nossa parte se a gente ao invés de dizer que vamos correr uma meia maratona ano que vem, já que não corremos nada em 2023, começássemos a correr pelo menos 3km todos os dias. 

É que no fim, eu sei que se você colocar como meta ler só 10 páginas, vai ler bem mais que isso, mas também não vai se martirizar com suas leituras, elas vão ser um lugar saudável na sua rotina. Assim como também sei que você está começando a correr agora, 3km parecerão muita coisa, mas logo logo você vai achar pouco e vai aumentar gradativamente, mas o dia que não conseguir correr distâncias maiores, vai se orgulhar da meta que era tímida, e assim, vai se perceber mais disposta a chegar no sonho da meia maratona, quando realmente estiver preparada. 

Lembra que no começo do nosso papo falamos de abrir espaço para o novo, para as coisas mágicas acontecerem? Talvez antes de estabelecer uma nova meta para 2024 o melhor exercício seja pensar, mas pensar já visualizando mesmo, que tudo que está por vir é melhor do que tudo que já foi. Coloque sua intenção onde você quer que exista expansão. Abra o coração, firma os pés no chão e confie! Tudo de bom está chegando no seu caminho. E quem faz o ano ser o melhor deles é você!!!

Por aqui, escolhemos olhar para o que desejamos cumprir em 2023 com amor, sabendo que a gente deu o nosso melhor e é isso que importa. A gente vai seguir outro rumo nesse final de ano e trocar a bad vibe de não ter realizado um monte de coisas, pela energia mais grata e potente por tudo que construímos e assim abrir os caminhos da melhor forma para 2024.

Te desejo nesse final de ano autonomia para fazer o que quer, coragem para deixar ir o que não quer, autoconhecimento para encontrar as duas coisas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *